Reizinho de Papel Machê

 

-argila
-margarina
-papel jornal
-fita adesiva colorida
-cola branca
-tesoura sem ponta
-pincel
-tinta acrílica ou guache de várias cores



Passo 1

Pegue um bom pedaço de argila e amasse bem.

Passo 2

Comece a moldar na argila o rosto do reizinho.

Passo 3

Molde o rosto, destacando bem os olhos, o nariz e a boca.

 

Passo 4

Os detalhes você pode fazer com um palito de sorvete, por exemplo (escolha para o reizinho uma cara mais triste ou mais alegre, conforme você preferir).

Passo 5

Espere o molde secar.

Passo 6

Depois, com o dedo, passe uma camada de margarina sobre ele, lambuzando bem toda a argila.

 

Passo 7

Com água, vá molhando com cuidado algumas folhas de papel
e revestindo com elas o molde
de argila.

Passo 8

É preciso fazer o papel grudar direito, tomando a forma do rosto do reizinho.

Passo 9

Agora vá colando 4 ou 5 camadas de papel, uma sobre a outra. Procure manter os detalhes do rosto (as partes arredondadas, por exemplo, podem ser cobertas com pedaços menores).

Passo 10

Espere a cola secar e desgrude do molde de argila a máscara de papel.

Passo 11

Com a tesoura, recorte as bordas da máscara (as pontas de papel que sobraram) para dar um acabamento mais caprichado.

Passo 12

Com o pincel, passe uma camada de tinta branca por toda a máscara. Depois você pode colorir como quiser o rosto do reizinho.

Rei

Historicamente, o posição do "rei" deriva dos primeiros líderes tribais ou principais de diferentes povos. Poderia ser também o tirano de uma cidade-Estado. Muitas vezes, o rei não tinha só uma função política mas, ao mesmo tempo, uma religiosa, atuando como sumo sacerdote ou divino rei.

Fonte: wikipedia

Rainha

O equivalente feminino do rei é a rainha, embora o termo "rainha" possa referir-se também a uma monarca no seu próprio direito, a uma rainha reinante, ou à esposa de um rei, uma rainha consorte. O marido de uma rainha reinante é, por vezes, apelidado de rei consorte, mas é mais comumente denominado de príncipe consorte. A sua família é designada por família real.

Fonte: wikipedia

Bobo da Corte

Bobo da corte, bufão, bufo ou simplesmente bobo é o nome pelo qual era chamado o "funcionário" da monarquia encarregado de entreter o rei e rainha e fazê-los rirem. Muitas vezes eram as únicas pessoas que podiam criticar o rei sem correr riscos,uma vez que sua função era fazê-lo rir, assim como os palhaços fazem nos dias atuais.

Fonte: wikipedia 

 

Quem teria roubado o umbigo? Um grande mistério a ser descoberto pelos leitores. As alegres e coloridas ilustrações de Ricardo Girotto dão o toque mágico a essa história escrita por Márcio Thamos em que umbigos escondidos sob grandes barrigas e umbigos à mostra em barrigas que roncam de fome apresentam uma trama delicada sobre compreensão, respeito e solidariedade.

Autor: Márcio Thamos 
Ilustrador: Ricardo Girotto 
32 páginas 20,5 x 27,5 cm 
ISBN: 9788566251012 
R$ 24,90  

Editora Caramujo