Cinco Marias - Vic Girotto

 

- retângulos de tecido
- agulha
- linha
- tesoura sem ponta
- arroz ou feijão
- pincéis de vários tamanhos
- tintas coloridas (guache ou acrílica)



Passo 1

Recorte cinco retângulos
de tecido, com mais ou menos 6 cm de largura por 4 cm de altura.

Passo 2

Dobre um dos retângulos no meio e costure as laterais, ficando uma abertura.

Passo 3

Virar a costura do avesso.

Passo 4

Pela abertura, preencha o saquinho com areia ou arroz.

Passo 5

Costure a abertura.

Passo 6

Pinte o saquinho com a cor desejada e faça os detalhes do rosto.

Passo 7

Recorte e cole pequenos pedaços de tecidos para fazer os cabelos.

Passo 8

Para deixar os personagens mais coloridos e alegres, pinte a parte de trás. Repita a operação com os outros saquinhos.

Passo 9

Está pronto, agora é só jogar!

 


 

 

 

 

 

Como jogar

Você vai brincar de Cinco Marias com cinco saquinhos de pano. Os saquinhos são feitos com retalhos, preenchidos com arroz ou feijão. Deve-se tirar a sorte para ver quem iniciará o jogo. Inicia-se jogando os saquinhos para cima e onde caírem devem ficar. O jogador pega outro saquinho e joga para cima enquanto pega outro saquinho antes do primeiro cair no chão. Depois deverá jogar os dois saquinhos para cima e tentar pegar um terceiro saquinho do chão. E assim por diante. Ganha 1 ponto quem conseguir pegar os 5 saquinhos. Se não conseguir, passa a vez. Pode ser jogado individualmente ou em pequenos grupos.

Origem do jogo

As Cinco Marias têm origem em um costume da Grécia antiga. Quando queriam consultar os deuses ou tirar a sorte, os homens jogavam ossinhos da pata de carneiro e observavam
como caíam!

Variações

Cinco marias, jogo das pedrinhas, nente, belisca, capitão, liso, jogo do osso, onente, chocos, nécara, epotatá (que, em tupi, quer dizer "mão na pedra")... Os nomes do jogo mudam regionalmente, assim como as regras e a ordem das etapas.